quinta-feira, outubro 18, 2012

Lobo da Estepe


A rua de paralepípedos molhados pela chuva reflete a luz do luminoso. As letras ao contrário revelam que haverá um espetáculo. Será no Teatro Mágico. O convite é só para os raros e só para os loucos...

Mas... quem será louco suficente para enxergar dentro de si mesmo?
E um Lobo segue solitário pelo meio da rua...

Alvaro 2005
Postar um comentário