quinta-feira, março 07, 2013

Dia da Mulher


Ele perguntou-se porque ainda existia este dia
E lembrou-se da mulheres árabes mutiladas
Das russas presas por rebeldia
Das indianas estupradas
Das Amélias agredidas
Mesmo sendo mulheres de verdade
Das adolescentes anoréxicas
Em busca de um corpo além da realidade 
E de tantas oprimidas...
Depois lembrou-se da esposa e filha
E de que sua casa não era uma ilha
Abraçou-as e chorou

Como uma mulher
Alvaro A. L.  Domingues

Postar um comentário