quinta-feira, agosto 23, 2012

Equilibrista





Dos sonhos do menino,
É o grande protagonista.
O artista quase divino,
Um exímio malabarista.
Um grande dançarino,
Da alegria catequista.
Com a sabedoria de um rabino,
Se mostra um grande humanista
Postar um comentário