segunda-feira, junho 10, 2013

Domador de Sonhos




Lembranças de sonhos passados de um futuro esquecido me povoam a mente. Busco paz, mas não encontro um riso sequer nestas lembranças, mesmo nas mais queridas. Lamento e silencio meus pensamentos.

Ouço um som vindo lá de fora. Como música de um circo distante, me convidando a deixar as lembranças de lado, curtir duas horas de um bom espetáculo e guardar a leveza dos trapesistas, a beleza das bailairinas, o riso das crianças, a graça do palhaço e aprender com o domador o estalar do chicote que domará meus leões interiores.


Alvaro 04/07/2007
imagem: Solidão - modificada a partir de imagem da net. 
Sem indicação de autoria
Postar um comentário